domingo, 9 de maio de 2010

Passaram-se dias, meses... anos... quase décadas!!! De Vida, se posso entrar no mérito de anos de vida... vamos lá, passaram-se 28 (vinte e oito anos), sim, de VIDA! Eu digo VIDA pq eu Vivi. Eu estava lá, a cada momento, a cada dia, a cada minuto, a cada segundo do que se passou... e afirmo categoricamente, não foi fácil. Pra muitos, foram erros, foram fraquezas, foram derrotas. Mas para eu que estava lá, vivendo, sofrendo, aprendendo, gostando, apreciando, morrendo por cada momento, por cada segundo de vida, respirando, sentindo, sim... Sentindo tudo, a cada dor ou alegria, mesmo que isso para todos, muitos ou poucos seja de mera importância, ou de grande importância... realmente não importa! Importa apenas para eu! o Próprio, causador de toda dor, (ou amor?!) sofrimento... whatever - como dizem nossos amigos Capitalistas!, aos quais seguimos e seremos sempre seguidores.
Afinal, Seres Humanos seguem Seres Humanos (Como já ouvi dizer ou cantar... "assim caminha a humanidade...") Enfim... Triste saber que eu sigo alguém ou algo, triste saber que tenho uma escolha diferente do que devo escolher, ou diferente da pessoa que escolhi viver comigo, " ... " e se escolhi, deveriamos seguir o mesmo caminho, ou não!?
Afirmo!
- Não!!! (Com a propriedade que a vida me mostrou...) - Acredito no que penso e vivo o que gosto!
éééé garotinho... a vida não é fácil, pra muitos... pra alguns pode até ser...
Mas o que é fácil ??
F-O-D-A--SE! A vida é o que vivemos... fácil ou não, legal ou não, irritante ou não, feliz ou não ... não importa! Realmente não importa e também não me importo!
Não me importo com vc, não me importo com o próximo, não me importo com meu sangue... Poucos afirmam isso, mas todos nós (SERES HUMANOS) sentimos isso!
Imponha e tenha coragem! Você mesmo, como dizia "um judeu": - Jovem, bata seus punhos na mesa, imponha-se! (ao grosso da letra... (em ingle: - Young man, Slam your fist on the table and make your demand) Traduza-se yourself.... rs
Graça, parece graça...
Como o Amor, ohhh meu Grande Amor! Eu te Amo e por ti faria tudo ?? Um pai faria tudo pelo filho ? Ou uma mãe ? Como assim ??? O que "ser" tudo ?
Se faria "TUDO" não precisariamos ser aceito, concorda???
Um pai, tem um filho, que tem um avô, ou uma avó, esse pai luta pela aceitação do seu pai, que ao mesmo tempo luta para ser aceito pelo filho, e como ser aceito pelo pai e pelo filho, ao mesmo tempo ? Ou em tempos diferentes ? Se fui ou não aceito ? Como posso aceitar ou negar ... (minha criação ou minha geração)
Confuso não ?!
Não me aceito, e não aceito "cogenitor" (no sentido da geração, sem qualquer mal ou doençca)... E agora? Por que eu LUTO ? Por nada ? Afinal se lutamos para sermos aceitos ? Minha luta não é minha luta ! Ou é ?
Que merda não ....
Dilema, Paradoxo ?? PORRA Nenhuma... VIDA isso é o que é !
Quero mais é ninguem... Quero mais de mim... Quero mais ser eu, Feliz...
Porém infelizmente: reciso de alguém? , preciso de ninguém? , enfim, PRECISO! Só, Sozinho não serei ninguem NUNCA! Serei eu, apenas EU. Que de nada me vale
Até a proxima e que boas vindas sejam bem recebidas...
Amo, pelo que amo, sou quem sou, Que me faz ser amado por alguém ou por ninguém!
Grande MERDA!
Beijos e Boa noite! Pra mim, só pra mim... Que de nada me vale! Felizmente --- PRECISO DE VOCÊ ou de ALGUÉM... Quem ?